Os Estados Unidos sempre foi uma grande inspiração para os demais países do mundo, inclusive para o Brasil. Mas uma declaração política do atual Presidente da República, Donald Trump, em 2015 causou um alvoroço e preocupação da nação. Ao se candidatar à Presidência dos Estados Unidos, Trump afirmou: “Estamos nos tornando um país de terceiro mundo". Muito se discutiu sobre isso e várias pessoas ainda buscam as semelhanças entre a grande potência mundial e os países menos afortunados. Com base em pesquisas de desenvolvimento social, o país fica bem atrás de outros ricos e, em alguns casos, lado a lado com países ainda em processo de desenvolvimento.

Esse assunto é alvo de vários debates políticos, onde os cidadãos diferem muito em sua avaliação sobre a situação dos pobres. Se você gosta desse tipo de assunto, a redação da Fatos Desconhecidos te convida para acompanhar uma lista de sinais de que os Estados Unidos estão no mesmo nível que alguns países subdesenvolvidos. Aproveite para compartilhar com todos os seus amigos e não se esqueça de deixar o sue comentário para nós no final da matéria. Sem mais delongas, confiram:

Mortalidade materna

Desde o início dos anos 2000, o país registra um grande aumento nos índices de mortalidade materna. A taxa passou de 17,5 mortes por mil nascimentos, ainda no início do século, para 26,5 no ano de 2015. Esse estudo foi publicado pela revista The Lancet. Isso vai contra as tendências do mundo industrializado, onde ocorreu um declínio nesse mesmo período. Os casos aumentam ainda mais quando envolvem mulheres negras, que alcança 44 a cada mil.

Taxa de homicídios

De acordo com um relatório do Escritório das Nações Unidas sobre crimes e drogas, o país tem registros de uma taxa de homicídio de 4,88 óbitos por 100 mil pessoas, ocupando então o 59° lugar no mundo. Acredita-se que isso ocorre principalmente nas comunidades pobres.

Gravidez na adolescência

Isso é um dos casos que mais representa um risco para a saúde das mulheres jovens e é frequentemente associado à vulnerabilidade. Segundo dados do Banco Mundial para 2015, os Estados Unidos registram uma taxa de 21 nascimentos desse tipo para cada mil mulheres, todas elas com o máximo 19 anos de idade. Comparado a outros países ricos, esse número está bem alto, visto que no Japão a média é de quatro jovens, na Alemanha é de seis jovens e França de nove jones. No Brasil essa taxa é de 67.

Educação

Mesmo tendo as melhores universidades do mundo, o país não tem uma grande formação média dos seus habitantes. O país está em uma situação medíocre de acordo com um estudo realizado pelo Programa Internacional para Avaliação de Competências, visto que teve uma performance ruim entre os demais membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Expectativa de vida

Um relatório recente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento mostra que a expectativa de vida dos habitantes é de 79,2 anos. É um número baixo comparado às outras grandes potências. No Japão a média é de 83,7 anos, enquanto a última da tabela é a Suazilândia, com 48,9 anos.

6- Mortalidade infantil

Outra coisa preocupante do país é o nível de mortalidade infantil. Ele corresponde ao número de crianças que morrem por mil nascidos vivos. De acordo com um relatório do Pnud, esse indicador é de 5,6 nos Estados Unidos. Isso o coloca na posição 44 do mundo. De acordo com Shaefer, em 2011, a taxa de mortalidade infantil entre os negros era semelhante à de Togo.

E ai, você já sabia dessas coisas? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Essa matéria Essas são as provas de que os EUA estão no mesmo nível que países subdesenvolvidos foi criada pelo site Fatos Desconhecidos. E somente copiada por esse portal.

Vía fatosdesconhecidos | Ver post original